Onde podemos realizar os exames que teremos que levar no dia da perícia?

Exame de Sangue e Urina EAS
(lipidograma completo, creatinina, hemograma completo, glicose)
Lamina (coletado na clinica), Bronstein (trazer pronto) e Sergio Franco (trazer pronto).
Eletroencefalograma
(Bacelar 3328-9702   2574-1650/ Professor Fernando Pompeu 31548000)
Teste Ergométrico
( Cardiomex 2495-6564/ Vita Check Up 3733-5757/ Hospital Vitoria 3263-2000/ Promed 2484-8461)
Audiometria
(Oto Grupo 3593-9074)
Radiografia da arcada dentaria pode ser feita em qualquer local.
Valor da revalidação R$ 600,00 pago no dia em que vier em dinheiro ou cheque.
Endereço:
Av Jorge Curi 550, bloco A sala 330/331 Barra da Tijuca
Tel: 3437-0983

O que é certificado Médico Aeronáutico (CMA)?

É o documento emitido por um examinador ou pela ANAC, após os exames de saúde periciais realizados em candidatos, certificando as suas aptidões psicofísicas, de acordo com regulamento próprio. O CMA equivale ao antigo Certificado de Capacidade Física (CCF).

O que é exame de saúde pericial?

É o processo pericial realizado em candidatos a um CMA com a finalidade de avaliar se as suas condições psicofísicas estão em conformidade, para fins de concessão ou revalidação de um CMA. O exame de saúde pericial pode ser:
Inicial: é aquele a que está sujeito um candidato à obtenção de um CMA.
Revalidação: é aquele a que está sujeito um detentor de CMA que irá vencer, já que seu prazo de validade depende da classe e da sua idade.

O que é Recurso?

É a solicitação de reexame à ANAC, por parte de um candidato reprovado em um exame de saúde pericial realizado por um examinador, caso se sinta insatisfeito com o julgamento emitido por este. O Recurso deverá sempre ser realizado por uma Clínica Credenciada.

O que é Clinica Credenciada (CLC)?

É a instituição médica pessoa jurídica, composta por profissionais de saúde vinculados, representada junto à ANAC por um Diretor Técnico Médico (DTM), autorizada pela ANAC ar realizar exames de saúde periciais em candidatos e emitir pareceres e julgamentos para fins de concessão de CMA.

Qual a validade do CMA?

12 meses para as categorias PLA e PC nos exames de saúde periciais realizados ou 6 meses nas seguintes condições:
– após o aniversário de 40 anos do piloto que opere em transporte comercial de passageiros com apenas 1 piloto.
– após o aniversário de 60 anos do piloto que opere em transporte comercial.
60 meses para as categorias PP,PP-IFR, CMS,PBL,PPL,CPL nos exames de saúde pericial realizado antes do aniversário de 40 anos do candidato.
24 meses para as categorias PP,PP-IFR, CMS,PBL,PPL,CPL  nos exames de saúde pericial realizado após o aniversário de 40 anos do candidato e antes do aniversário de 50 anos.
12 meses para as categorias PP,PP-IFR, CMS,PBL,PPL,CPL  nos exames de saúde pericial realizado após o aniversário de 50 anos do candidato.
12 meses para as categorias MCV e OEE.
48 meses para piloto remoto de VANT.
OBS:O período de validade do CMA pode ser reduzido a critério do examinador ou da ANAC, caso estes consideram clinicamente recomendados.
O detentor de um CMA válido deve reportar à ANAC, ou ao examinador responsável pela sua certificação, qualquer diminuição de suas aptidões psicofísicas que possa impedi-lo de exercer as prerrogativas de suas licenças e habilitações sem afetar a segurança de voo, assim como deixar de exercer essas prerrogativas até obter um novo julgamento “apto” por parte de um examinador ou da ANAC.

Quando um CMA poderá ser suspenso ou cassado?

Um CMA vigente poderá ser suspenso caso o candidato tenha dolosamente prestado informações falsas ou inexatas com o fim de obter um CMA.
Caso a ANAC constate, por qualquer meio legal, que o candidato omitiu informações requeridas pelo Regulamento, o CMA, caso concedido, será cassado, e o candidato deverá se submeter a novo exame de saúde pericial inicial para obter novo CMA.
Se for constatado, que uma pessoa exerceu as atribuições de suas licenças e habilitações em condição psicofísicas proibidas, o seu CMA será cassado e essa pessoa só poderá se candidatar a obter novo CMA em um prazo de 180 dias a partir da data de cassação.
Um CMA suspenso poderá novamente tornar-se válido após um exame de saúde pericial de revalidação, a critério do examinador ou da ANAC, caso julguem que o candidato esteja novamente atendendo os requisitos psicofísicos.